Super Desafio Bra De Judô
09/06/2017
Fonte IMPRENSA/CBJ | Fotos GASPAR NÓBREGA/INOVAFOTO
Rio de Janeiro - RJ

O Super Desafio BRA de Judô - Copa Internacional de Seleções chega a sua terceira edição com disputa de alto nível técnico entre algumas das maiores potências mundiais do judô na atualidade.

No dia 15 de junho, as seleções do Brasil, Rússia, França, Holanda, Itália, Grã-Bretanha, Alemanha e Portugal lutarão pelo ouro da competição por equipes masculinas sub 21 no Centro de Treinamento da CBJ, em Lauro de Freitas. A final será transmitida ao vivo pelo canal SporTV a partir das 17hs (horário de Brasília).

"Fizemos a primeira edição da Copa em 2016 e os países que vieram já tinham demonstrado interesse em voltar, dado o alto nível técnico da disputa. Esta edição não vai ser diferente. A competição estará muito forte, já que os países estão com seus principais atletas da classe Júnior. Acredito que será uma prévia do Campeonato Mundial por equipes sub 21 deste ano, que acontecerá em outubro, em Zagreb", avalia Marcelo Theotônio, gestor das Categorias de Base da CBJ.

A Copa é disputada no sistema de repescagem olímpica, com as preliminares começando nas quartas-de-final. É uma competição por equipes em que cada duelo entre países tem sete combates, um por categoria de peso (60kg, 66kg, 73kg, 81kg, 90kg, 100kg e +100kg). Vence o duelo a equipe que vencer o maior número de combates.

A programação do evento começa com o sorteio das chaves na quarta-feira, 14, às 14h30, no CT da CBJ. Os primeiros combates serão na quinta-feira, 15, a partir das 8h. A disputa pelo bronze será no mesmo dia, às 15h, e a final às 17h.

Em fevereiro deste ano, a seleção brasileira sagrou-se campeã da segunda edição da Copa ao vencer a seleção da Alemanha por 4 a 3 na final. O Japão ficou com o título da primeira edição, em 2016, vencendo a Rússia por 4 a 3 na decisão, e o Brasil foi bronze.

"Assim como foi nas últimas edições, a seleção brasileira será formada pelos nossos principais judocas Sub 21 e o regulamento nos permite convocar também um atleta Sub 23 e um Sênior. Estamos avaliando os nomes para chegarmos à formação ideal. Sabemos que será uma disputa dura, mas queremos buscar um lugar no pódio", completa Theotônio.

O Superdesafio BRA de Judô é o principal evento internacional promovido por CBJ e Bradesco, patrocinador master do judô brasileiro.