Cotidiano
07/04/2017
Fonte HUMBERTO TRINDADE | Fotos DIVULGAÇÃO/FCK e FELIPE TAMASHIRO
Blumenau - SC

Jaqueline Luebke disputará medalha na categoria cadetes

O final de semana será movimentado para a Associação Blumenau de karate/Ipiranga/Barão/Park Europeu/Promoshirt/Arawaza/FMD Blumenau. No sábado (08) e domingo (09) de abril, a equipe blumenauense participa simultaneamente de duas competições: do 1º Open Internacional de karatê de Foz do Iguaçu (PR), que vale pontos para o Ranking Nacional Sênior 2017 da Confederação Brasileira de karatê (CBK) e da primeira etapa do Campeonato Catarinense Ranking A, em Joinville.

Pelo Estadual, a Associação Blumenau de karatê busca o tetracampeonato, além de defender uma invencibilidade de 10 etapas consecutivas na competição da federação Catarinense de karate (FCK). Para este início de temporada, na etapa de Joinville, no Ginásio Abel Schulz, a equipe terá a participação de 64 atletas, sendo 28 no naipe masculino e 36 no naipe feminino.

O treinador Vanderlei de Oliveira espera obter boas colocações em todas as categorias. “Estamos com um grupo homogêneo e espero que todos coloquem em prática o que foi treinado neste início de temporada”, comenta o técnico. A novidade da equipe para a etapa em Joinville é a estreia de 11 alunos em competições oficiais.

“Procuramos manter a nossa tradição na busca de novos talentos”, destaca Vanderlei – citando Paloma Martins e Murilo Sutil, ambos na categoria Sub-12. Na Cadetes, a equipe espera por medalhas com Enzo Muniz e Jaqueline Luebke. Na Sub-21 e Sênior, Welton Barbosa e Gabriela Camargo também são esperanças de pódios – além de Bianca Mafra, na categoria kumitê 68 quilos.

Ranking Nacional

Enquanto 64 alunos/atletas defendem a Associação Blumenau de karate no Estadual Ranking A, as atletas Maike de Oliveira e Júlia Krüger representam a equipe no 1º Open Internacional, em Foz do Iguaçu (PR). Na competição, Maike vai defender a sua liderança do Ranking Nacional Sênior na categoria Kumitê até 61 quilos, enquanto Júlia busca pontos para subir no ranking no Kumitê até 50 quilos.

O torneio em Foz do Iguaçu faz parte do trabalho de preparação da Maike para a sua participação nos campeonatos Sul-Americano e Pan-Americano, ambos programados para este primeiro semestre de 2017.  “No Open de Foz do Iguaçu ela (Maike) vai enfrentar representantes de vários países da América do Sul – possíveis adversárias nas duas competições continentais”, destaca Vanderlei.

Mesma atenção é direcionada à Júlia, que garantiu vaga na categoria Sub-21 para defender o Brasil no Sul-Americano. “É uma oportunidade para que a Júlia conheça suas adversárias e ganhe mais experiência”, avalia o treinador.

Parte da equipe que disputará o Estadual Ranking A